Festa de Réveillon 2017

A festa de réveillon foi reduzida este ano devido a crise financeira, porém isso não impediu que os cariocas, moradores de outras cidades do Rio e turistas aproveitassem a festa. A praia de Copacabana ficou lotada por dois milhões de pessoas para saudar o novo ano. Na barra da Tijuca, a celebração ficou por conta dos hotéis do bairro, que se uniram para promover a queima de fogos na Zona Oeste da cidade. No total, foram usados cinco toneladas de fogos e 12 minutos de duração, mas tudo com 34 tipos de efeitos e cores.


fogos de artifício
Fogos de artifício na Barra da Tijuca. (Foto: Patrícia Teixeira/G1)


No bairro de Copacabana, lugar de maior movimento,foram retirados 290 toneladas de resíduos sólidos das areias - 41 toneladas eram de lixo potencialmente reciclável - , uma quantidade de lixo bem menor do que no ano passado. Nas praias da Barra e Recreio, esse número foi de 118,5 toneladas.

A Comlurb mobilizou 3863 garis, 646 profissionais de limpeza urbana, 1385 contêineres e 247 veículos e equipamentos como pás mecânicas, caminhões pipas para atender toda a população durante as festas de fim de ano.



Nas demais festas
118,5 na Barra e Recreio
7,5 toneladas no Parque Madureira
10,5 toneladas no Piscinão de Ramos
54 toneladas na Ilha do Governador
27,3 no Parque do Flamengo

Vale lembrar que para sermos uma cidade verdadeiramente sustentável, precisamos ser conscientes e lembrar que lugar de lixo não é no chão.

Violência
Como sempre, houve muitos assaltos, arrastões e a delegacia de Copacabana ficou lotada durante toda a madrugada do dia primeiro, principalmente de turistas. O celular de um homem foi roubado enquanto filmava a queima de fogos, o outro teve os documentos roubados.

Fonte: G1

Postagens mais visitadas deste blog

Identificação Civil Nacional (ICN)

Temer entrega ratificação do acordo do clima de Paris na ONU

[Vamos Apoiar] 10 Medidas Contra a Corrupção