[Resíduos Sólidos] Maior Lixão Ativo da América Latina

MAIOR LIXÃO ATIVO DA AMÉRICA LATINA

Paula Froés registrou, por três meses, as condições desumanas em que vivem os moradores do maior lixão da América Latina. Por falta de oportunidades e escolaridade, muitos acabam no lixão, arrecadando uma renda de cerca de R$30 por dia.


Leia também:




MAIOR LIXÃO ATIVO DA AMÉRICA LATINA

É lamentável que em pleno século XXI ainda existam lixões a céu aberto no mundo. Não bastasse que o maior lixão da América Latina - Lixão da Estrutural ou do Jóquei - seja localizado no Brasil, este se encontra no Distrito Federal, a cerca de 15 quilômetros do Palácio do Planalto. Isso mesmo! O lugar de onde os governantes emitem suas ordens.


MAIOR LIXÃO ATIVO DA AMÉRICA LATINA

Crianças e adultos se revezam na coleta do lixo. Na teoria, a entrada de crianças em lixões é proibida, porém a fiscalização é ineficiente e fica por isso mesmo. O maior problema dos lixões é que o despejo irregular de resíduos sólidos é feita sem a devida impermeabilização do solo.

MAIOR LIXÃO ATIVO DA AMÉRICA LATINA

O governo do Distrito federal promete desativar o lixão ainda esse ano, mas pode levar três décadas para que o local se recupere totalmente dos danos ambientais.

MAIOR LIXÃO ATIVO DA AMÉRICA LATINA

História do Lixão
Cerca de 2 mil famílias tiram seu sustento do Lixão da Estrutural, que existe desde a década de 60. Com 2 milhões de metros quadrados e 50 metros de altura, o local oferece vista privilegiada para a Região Administrativa de Águas Claras e o Parque Nacional de Brasília.


MAIOR LIXÃO ATIVO DA AMÉRICA LATINA


MAIOR LIXÃO ATIVO DA AMÉRICA LATINA


MAIOR LIXÃO ATIVO DA AMÉRICA LATINA


MAIOR LIXÃO ATIVO DA AMÉRICA LATINA


MAIOR LIXÃO ATIVO DA AMÉRICA LATINA


MAIOR LIXÃO ATIVO DA AMÉRICA LATINA

fonte: G1

Postagens mais visitadas deste blog

10 Vantagens do Telhado Verde

RJ em Estado de Calamidade Pública

[Vídeo] Inauguração do Novo Elevado Joá